Sistema de fortificações coloniais da Havana Velha

Sistema de Fortificação Colonial do Centro Histórico de Havana
Sistema de Fortificação Colonial do Centro Histórico de Havana Velha O município de Havana Velha é o menor da província de Havana

Sistema de fortificação colonial do centro histórico de Havana Velha

O município de Havana Velha é o menor da província de Havana, suas medidas não ultrapassam 5 km2 e está dividido em 7 Conselhos Populares.

Esta pequena cidade possui em seu Centro Histórico um diversificado e extenso Sistema de Fortificação Colonial que confere uma marca exclusiva àquela capital.

Uma interessante e variada mistura de estilos arquitetônicos, como o barroco e o neoclássico, convergem nesses edifícios antigos.

Em 1982, a UNESCO concedeu o título de Patrimônio Mundial ao Centro Histórico de Havana Velha e seu Sistema de Fortificação Colonial.

Esta nomeação parte do facto de estas construções serem uma amostra viva e característica de uma fase histórica da cidade e do país, preservando também parte da identidade cultural daquela cidade.

Estes edifícios foram construídos entre os séculos XVI e XIX, e têm sido um ponto de vista obrigatório para artistas, historiadores e investigadores que a cada dia procuram mantê-los o mais bem preservados possível.

Praças principais do sistema de fortificações coloniais da Havana Velha

Uma atração do Centro Histórico de Havana Velha são, sem dúvida, suas quatro praças principais. São o da Armas, o da Catedral, São Francisco e La Vieja, os quatro se comunicam por estreitas ruas de paralelepípedos.

Praça Principal

Na época do período colonial, os edifícios que serviam de quartel-general para os trabalhos dos magistrados e militares espanhóis ficavam na atual Praça de Armas.

Esta é a mais antiga das praças da Havana Velha, sua construção está localizada por volta do ano 1520 e ali no século XVI foram realizados alguns exercícios militares.

Esse espaço tinha a funcionalidade de um shopping durante o dia, havia os mesmos itens de artesanato que frutas e produtos comestíveis.

À noite, o espaço se transformava para receber os passeios da rica classe espanhola.

Neste momento encontra-se nessa praça uma pequena feira de livros usados ​​e está rodeada de importantes instalações como o Museu do Automóvel, o Museu de Arqueologia e o Museu de História Natural.

Plaza de San Francisco

Esta praça deve o seu nome ao convento franciscano que aí se ergueu desde o século XVI. Olhar para o porto de Havana foi a posição escolhida quando esta praça foi construída.

Atualmente existe uma igreja construída em 1608 e o Convento de São Francisco de Asís. Como parte da rica vida cultural da região, a basílica menor deste local sagrado é usada como sala de concertos.

Também os Museus de Arte Sacra e o Museu do Rum ficam naquela praça à espera dos visitantes que queiram conhecer os seus interiores.

Praça da Catedral

Não por ser a última a ser construída, esta praça perde sua beleza e importância.

Lá no século XVI algumas famílias construíram suas casas e aquela área era conhecida como Ciénaga porque as águas que corriam por toda a cidade passavam por ali a caminho do mar.

Como o próprio nome indica, nesse local fica a popular Catedral de Havana.

Todas as construções que se ergueram nesta praça datam do século XVIII, o que lhe confere um cunho predominantemente barroco nas suas características arquitectónicas.

Perto desta esplanada está o Palácio dos Condes da Casa Bayona, onde está localizado o Museu de Arte Colonial e também o Centro Wifredo Lam, dedicado à proliferação da carreira daquele artista plástico cubano.

Além disso, bem próximo a essa praça, o visitante encontra o bar La Bodeguita del Medio, local que ficou famoso pelo escritor Ernest Heminghway.

Praça Velha

A Praça Velha foi construída em 1559 com um estilo eclético, embora outros estilos arquitetônicos sejam apreciados nos edifícios circundantes.

Embora no seu início fosse utilizado principalmente para a realização de exercícios militares, hoje oferece aos visitantes um conjunto de bares, cafés, restaurantes e cervejarias que permitem conhecer alguns atrativos da culinária e da arte tradicional cubana.

Principais castelos do sistema de fortificação colonial da Havana Velha.

La Habana Vieja, dentro de su Sistema de Fortificaciones Coloniales, cuenta con varios castillos, pero los que más se destacan son el del Morro, el de la Fortaleza de San Carlos de La Cabaña, el de la Real Fuerza y el de San Salvador de A ponta.

Todas essas fortes construções coloniais faziam parte do sistema de segurança necessário da Villa de San Cristóbal de La Habana nos séculos anteriores.

Castelo dos Três Reis de Morro

O engenheiro Giovanni Bautista Antonelli foi contratado para projetar esta fortaleza no ano de 1585, e por sua posição estratégica foi amplamente reconhecida desde que o porto de Havana começou a crescer na época colonial.

Esta obra construtiva está entre as mais reconhecidas e visitadas na capital cubana, ao lado do Capitólio e La Giraldilla.

Uma cerimónia que aí se realiza todas as noites a partir das 21 horas é o tradicional tiro de canhão, ao qual participam todos os dias muitos habitantes e visitantes de Havana que chegam a este complexo militar, que inclui também a fortaleza de San Carlos de La Cabaña.

Esta cerimónia foi realizada para dar a conhecer aos habitantes daquela Villa que as portas da cidade seriam encerradas para evitar ataques de piratas e outros bandidos.

O Castelo dos Três Reis Mágicos do Morro

O Castelo dos Três Reis Mágicos do Morro

O Castillo dos Três Reis Magos do Morro, imperdível em Cuba. Nas férias em Cuba, não perca a oportunidade de visitar o Castillo dos Três Reis Magos do Morro, uma das construções militares mais destacadas...

Fortaleza de San Carlos de La Cabaña

Quando os ingleses tomaram Havana em 1762, foi mostrado que a Villa não era segura o suficiente. As autoridades cubanas da época determinaram que era necessário fortificar a área por onde os invasores haviam avançado.

É nessa época que se cogita a construção do Forte de San Carlos de La Cabaña, que atualmente faz parte do complexo militar Morro-Cabaña.

Fortaleza de San Carlos de la Cabaña

Fortaleza de San Carlos de la Cabaña

Particularidades da Fortaleza de San Carlos de la Cabaña A Fortaleza de San Carlos de la Cabaña se destaca como um complexo militar localizado na entrada da Baía de Havana, que ao lado da fortaleza...

Castelo da Força Real

Essa fortaleza foi concluída em 1576, e até hoje é uma das construções militares antigas mais bem preservadas do país, e muitos afirmam que está também no continente americano.

Este castelo está rodeado pelos Museus da Navegação e pelo Museu da Força Real, localizado em um fosso.

Também nesta área você pode ver o Templete, e um pequeno museu em uma capela, onde a fundação da Villa de San Cristóbal de La Habana é celebrada todo dia 16 de novembro.

Castelo de la Real Fuerza

Castelo de la Real Fuerza

O Castelo de la Real Fuerza e suas generalidades O Castelo de la Real Fuerza é considerado um expoente distinto da arquitetura militar da Colônia Espanhola na área do Caribe. Está localizado na Plaza de Armas,...

Castelo de San Salvador de La Punta

Embora parecesse ter um papel mínimo segundo a sua composição construtiva, esta fortificação era extremamente necessária para poder cruzar fogo com o Castillo del Morro e não permitir qualquer entrada indesejada pela baía de Havana.

Seu projeto ficou a cargo do engenheiro italiano Giovanni Bautista Antonelli, o mesmo que projetou o Castillo del Morro.

De acordo com alguns documentos, conta-se que à noite dessa fortaleza até o Castillo del Morro foi colocada uma corrente para unir as duas construções e assim proteger a baía.

Atualmente o Castillo de San Salvador de La Punta possui um museu onde você pode ver maquetes de navios, alguns objetos encontrados em galeões afundados de frotas espanholas, e informações detalhadas sobre o tráfico de escravos.

Principais palácios do sistema de fortificação colonial da Havana Velha

Entre as construções coloniais de séculos anteriores em Havana, destaca-se também a presença de vários Palácios, onde se destacam o Segundo Cabo e os Capitães Gerais, bem como a do Conde de Lombillo, construída em 1741 e onde se encontra atualmente. .O Escritório do Historiador de Havana Velha.

Castelo de San Salvador de La Punta

Castelo de San Salvador de La Punta

O Castelo de San Salvador de La Punta e sua história O Castelo de San Salvador de La Punta - construído entre 1589 e 1630 - é constituído, juntamente com o Castillo de la Real...

Palacio del Segundo Cabo

Construído em 1772, e com um estilo arquitetônico neoclássico, este palácio ao longo de sua história serviu como sede de várias instituições governamentais da ilha.

Inicialmente foi o prefeito da Fazenda Real, depois o Segundo Cabo da colônia, e na fase neocolonial instalou-se naquele local a Câmara Alta ou Senado.

Em seguida, foi entregue às academias de História e Artes e Letras Nacionais.

Após o triunfo da Revolução em 1959, passou a ser a sede do Conselho Nacional de Cultura, e mais tarde várias editoras cubanas aí se instalaram, sendo durante vários anos a sede do Instituto do Livro de Cuba.

Palácio dos Capitães Gerais

Em 1791 este antigo Palácio, atualmente museu da cidade, foi construído pelo engenheiro Antonio Fernández de Trebejos y Zaldívar.

Dentro da arquitetura variada do Centro Histórico de Havana Velha, o Palácio dos Capitães Gerais destaca-se pelo estilo barroco colonial hispano-cubano.

Inicialmente foi o quartel-general para a permanência de 65 capitães generais enviados pela Espanha para governar Cuba, posteriormente foi utilizado pelo Administrador dos Estados Unidos durante a intervenção militar no país antilhano.

Durante a neocolônia foi a sede do presidente.

No seu pátio interior encontra-se a estátua de Cristóvão Colombo, e atualmente dispõe de mobiliário e carruagens da época e conta com 40 salas de exposições permanentes.

Artigo anteriorCastillo de Salcedo
Próximo artigoCastelo do Príncipe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentários são processados ​​.