A Fundação do Novo Cinema Latino-americano

A Fundação do Novo Cinema Latino-americano
A Fundação do Novo Cinema Latino-americano é uma entidade cultural que foi criada com o propósito de contribuir para o desenvolvimento e integração do cinema latino-americano e conseguir um universo audiovisual comum, além de cooperar com o resgate e afiançamento da identidade cultural da América

Características gerais da Fundação do Novo Cinema Latino-americano.

A Fundação do Novo Cinema Latino-americano é uma entidade cultural que foi criada com o propósito de contribuir para o desenvolvimento e integração do cinema latino-americano e conseguir um universo audiovisual comum, além de cooperar com o resgate e afiançamento da identidade cultural da América Latina e das Caraíbas. Foi fundada pelo Comité de Cineastas da América Latina (C-CAL), a 4 de Dezembro de 1985 e é presidida pelo escritor colombiano Gabriel García Márquez. Do ponto de vista estrutural esta organização é conformada por cineastas de dezoito países e sua sede encontra-se em Havana, Cuba, num amplo e acolhedor casarão de fora da cidade denominado Quinta Santa Bárbara, na rua 212 esquina a 31, Reparto La Coronela, em La Lisa.

Fundação do Novo Cinema Latino-americano uma instituição cultural latino-americana.

Herdeira da tradição de solidariedade da América Latina, a Fundação do Novo Cinema Latino-americano nasceu como resposta ao processo que anunciava e propunha novas etapas de crescimento para as cinematografias desta região. Nos seus anos de vida esta instituição tem desenvolvido uma intensa actividade, atingindo importantes avanços, especialmente na formação e o fomento da produção, distribuição, exibição e promoção do cinema latino-americana. A vocação de integrar esforços e vontades tem marcado o labor da Fundação, graças a isso a instituição conta hoje com uma ampla rede de contactos e relações regionais e internacionais e de modo excepcional potencializou o conhecimento e os contactos entre os próprios cineastas da região e estimulou a acção coordenada. Dentro dos planos de acção fundamentais da Fundação encontra-se a incorporação das tecnologias da informação e a comunicação, o seu uso intensivo e a optimização da vasta rede de cineastas e profissionais do audiovisual. Assim também destaca-se o compromisso de resgatar e preservar a memória cinematográfica e audiovisual latino-americana e caraibenha desde as suas origens e nos diferentes suportes pelos que tem transitado. Do cinema mudo ao sonoro, tanto de ficção como documental, de longa e curta-metragem, o vídeo – desde o vídeo dos povos originários até o jovem vídeoarte digital – e as produções em multimídia.

A concepção da Fundação do Novo Cinema Latino-americano.

A Fundação do Novo Cinema Latino-americano, a sua constituição, protocolo e instalação tiveram lugar no mês de Dezembro de 1985, mediante uma reunião realizada na sede da Casa das Américas, em Havana, e na qual participou Armando Hart Dávalos, então Ministro da Cultura da República de Cuba, Gabriel García Márquez, futuro presidente e todos os membros do Comité de Cineastas da América Latina (C-CAL), entre os que destacam Nelson Pereira Dos Santos, Fernando Birri, Edgardo Pallero, Lisandro Duque, Julio García Espinosa, Alfredo Guevara Valdés, Miguel Littín, entre muitos outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentários são processados ​​.