Fonte da Índia ou da Nobre Havana

A Fonte da Índia ou da Nobre Havana
A Fonte da Índia ou da Nobre Havana

A Fonte da Índia ou da Nobre Havana e a sua história

A Fonte da Índia ou da Nobre Havana foi inaugurada na capital da Ilha a 15 de Fevereiro de 1837 e a sua construção e colocação foram possíveis graças à iniciativa do Conde de Villanueva. Esta majestosa peça foi encarregada aos italianos Gerolamo Rossi e Antonio Boggiano, os quais confiaram o trabalho artístico ao reconhecido escultor italiano Giuseppe Gaggini. A escultura representa a Índia Havana, esposa do cacique Habaguanex, da qual se pensa que adoptou o nome a capital de Cuba e em cuja honra foi nomeada a cidade. A obra esteve em vários recantos da geografia havanesa até que em 1928, ao ser inaugurado o Parque da Fraternidade, foi situada no final do Passeio do Prado, a uns escassos passos da rua Monte e do Capitólio Nacional de Cuba. A sua orientação também foi mudada, já que agora olha em direcção norte.

Descrição da Fonte da Índia ou da Nobre Havana

A Fonte da Índia ou da Nobre Havana foi construída em mármore branco de Carrara italiano. Ergue-se sobre um pedestal rectangular, adornado por louros e grinaldas, sustido por quatro enormes delfins situados em cada uma das suas esquinas e cujas línguas são bicas que vertem a água sobre as enormes conchas que conformam sua base. A bela jovem índia encontra-se sentada sobre uma rocha com o olhar perdido no horizonte. Sobre a cabeça leva uma coroa de penas. Pendurado no ombro esquerdo leva a aljaba repleta de flechas. Com a mão direita sustenta o extremo superior de um brasão oval no qual aparecem simbolizadas uma chave e três torres. Na mão esquerda leva o corno de Amalteia e as frutas europeias foram substituídas por cubanas, as quais são coroadas por um ananás.

A Fonte da Índia ou da Nobre Havana e a sua estrutura construtiva

Esta fonte de estilo neoclássico possui um grande copo ou pilão, cuja forma representa uma elipse de cerca de 9 metros por sua parte exterior. No centro da composição ergue-se uma grossa base de mármore de forma rectangular que possui uns 3,50 metros de comprimento por 2,50 metros de largura e 2,50 metros de altura. No seu eixo maior possui uma altura de 76 cm e o parapeito encontra-se formado por 14 blocos de mármore de 85 cm de largura por 20 cm de espessura. Pela sua parte interior, a Fonte da Índia ou da Nobre Havana é lisa, enquanto que no exterior e na sua base possui molduras. Por fora do pilão e envolvendo as figuras encontra-se um banco ou assento de mármore, cuja forma elíptica enquadra o monumento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentários são processados ​​.